download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Datafolha indica fim de 'onda Marina', avalia economista.

O novo cenário eleitoral desenhado pela pesquisa Datafolha divulgada há pouco, de empate técnico entre Marina Silva (PSB) e Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, mostra que a disputa tende a ser mais acirrada a partir deste momento, avaliou o economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito.
Para ele, no entanto, a notícia não deve resultar em grandes oscilações nos preços dos ativos financeiros. Isso porque os mercados já avaliavam os rumores de um acirramento na disputa. "Alguns ativos já realizaram fortemente nos últimos dias", lembrou. O Ibovespa, por exemplo, acumula seis pregões consecutivos de queda, com perdas de 5,97%.

Leia mais ...

Cid admite que Marina não conclui o mandato.

O governador Cid Gomes não esconde sua preocupação com o futuro do Brasil, se acontecer de Marina Silva (PSB) ser eleita presidente da República. Ele admite a possibilidade de, por conta de suas posições, Marina não concluir o mandato, ser "deposta". Cid, no entanto, elogia o candidato a vice de Marina, Beto Albuquerque.
O governador destaca a gestão da presidente Dilma Rousseff e defende o seu Governo. Já em relação à sua sucessão, no Ceará, Cid diz que as pesquisas internas garantem um patamar de 30% de votos para Camilo Santana, do eleitorado que quer votar no candidato do Governo.

Leia mais ...

Marina tira duas vezes mais de Aécio do que de Dilma.

Marina Silva (PSB) parou de tirar eleitores de Dilma Rousseff (PT), mas continua a sangrar a candidatura de Aécio Neves (PSDB). Nos três últimos levantamentos - MDA, Ibope e Datafolha - a presidente manteve-se estável, com 34% das intenções de voto. Ao mesmo tempo, Marina foi de 28% a 34%.
Ela cresceu às custas, principalmente, do tucano. Antes da morte de Eduardo Campos, Aécio tinha 23%.

Leia mais ...

PT e PSDB terão Marina como alvo.

São Paulo. Apenas duas semanas após o acidente que vitimou o presidenciável Eduardo Campos, a ex-vice que foi alçada à cabeça de chapa, Marina Silva, está mudando totalmente as perspectivas das eleições presidenciais de outubro. O novo quadro pode fazer Marina tornar-se vitrine e ser alvo dos ataques das campanhas dos principais opositores: Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).
O resultado da última pesquisa Datafolha mostra a ex-ministra do Meio Ambiente com índice de intenção de votos dez pontos percentuais acima do de Aécio (19%) no primeiro turno e, em um eventual segundo turno, com nove pontos percentuais acima de Dilma.

Leia mais ...

Dilma e Aécio dizem que não se preocupam com Marina.

Antes líderes das pesquisas de intenção de votos, os candidatos Dilma Rousseff (PT), que concorre à reeleição, e Aécio Neves (PSDB), presenciaram uma virada na campanha eleitoral, com a morte do candidato Eduardo Campos (PSB) e a ascensão de Marina Silva, como sua substituta. Mais conhecida que seu antecessor, ela “estreou” nas pesquisas em segundo lugar, à frente de Aécio.
Apesar do temor de Integrantes das campanhas do PT e PSDB de que o segundo turno aconteça sem a polarização entre PT e PSDB, Dilma e Aécio declararam hoje que não estão preocupados com Marina na corrida presidencial.

Leia mais ...

Vice de Marina será Beto Albuquerque, segundo fontes.

Dirigentes do PSB confirmaram nesta terça-feira que o líder do partido na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque (RS), será o candidato a vice na chapa encabeçada por Marina Silva. O nome recebeu hoje o aval da família de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo na última quarta-feira em Santos (SP), e logo mais será divulgada uma nota do partido oficializando a indicação.

Leia mais ...

Dilma lidera pesquisa, seguida por Marina e Aécio Neves.

A presidente e candidata a reeleição Dilma Rousseff (PT) aparece em primeiro lugar, com 36% das intenções de voto, em pesquisa sobre a disputa pela Presidência da República, divulgada nesta segunda-feira (18), pelo Instituto Datafolha. A ex-senadora Marina Silva (PSB), possível substituta do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente de avião na última quarta-feira (13), ocupa o segundo lugar com 21%. Aécio Neves (PSDB) vem logo atrás, com 20%.
No levantamento anterior do Datafolha, realizado nos dias 15 e 16 de julho e divulgado no dia 17, Dilma tinha 36%, Aécio, 20%, e Eduardo Campos, 8%.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS