download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Israel e palestinos declaram cessar-fogo em Gaza.

Autoridades de Israel e palestinas anunciaram nesta terça-feira (26) um acordo para um cessar-fogo permanente no 50º dia de uma guerra que deixou mais de 2.100 palestinos e 70 israelenses mortos, e devastou a Faixa de Gaza. Mais cedo, o Egito havia anunciado que as partes tinham chegado a um consenso.
Com a entrada em vigor do cessar-fogo, às 16h (13h de Brasília), tiros foram disparados para o alto em comemoração na Cidade de Gaza. Segundo o governo egípcio, o acordo prevê uma redução do bloqueio imposto desde 2006 por Israel e que asfixia 1,8 milhão de habitantes de Gaza.

Leia mais ...

"Foi uma tragédia" diz porta-voz de Israel sobre escola da ONU.

O porta-voz das Forças Armadas de Israel, o coronel Peter Lerner, reconheceu que o ataque à escola da ONU, em que 19 pessoas morreram e 90 ficaram feridas, "foi uma tragédia". O local era usado como abrigo no campo de refugiados Jabaliya, na faixa de Gaza. A declaração foi dada por Lerner à rede "CNN".
"De fato, foi uma tragédia, conforme as fotos que vimos hoje e vamos investigar o que aconteceu", disse Lerner. O coronel israelense afirmou, no entanto, que o modo de operação do Hamas, que supostamente dispara ataques de áreas próximas a abrigos civis, escolas e mesquitas, acaba levando a esse tipo de fatalidade.

Leia mais ...

Avanço militar israelense em Gaza impõe terror e provocação.

Por Noah Browning
GAZA (Reuters) - Palestinos de Gaza encolhiam-se temendo por suas vidas enquanto militantes do Hamas pediam por valentia depois de Israel enviar forças, na quinta-feira, ao densamente povoado território após 10 dias de trocas de tiros na fronteira.
Pessoas abandonaram casas em ruas normalmente apinhadas depois de uma noite de bombardeios. Navios lançando tiros de metralhadoras aproximaram-se da costa mediterrânea do enclave no deserto, com disparos de artilharia iluminando de laranja o horizonte a cada poucos segundos e balançando edifícios com ataques aéreos.

Leia mais ...

Ofensiva de Israel contra Hamas deixa mais de 100 mortos.

Os ataques israelenses na manhã desta sexta-feira (11) mataram oito palestinos, incluindo uma criança e uma mulher, segundo o serviço de emergências. Com isso, chega a 103 o número de mortos, enquanto o de feridos passa de 500, desde o início da operação israelense "Barreira de Proteção", há quatro dias.
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou nesta sexta que "nenhuma pressão internacional" impedirá seu país de "atacar os terroristas", ao se referir à ofensiva contra o Hamas em Gaza.
"Nenhuma pressão internacional nos impedirá de atacar os terroristas que nos atacam", declarou Netanyahu durante uma coletiva de imprensa no Ministério da Defesa em Tel Aviv.
Esse novo conflito é o mais violento desde a operação "Pilar de Defesa", que, em novembro de 2012, deixou 177 mortos palestinos e seis israelenses.
De acordo com o Exército israelense, o Hamas, considerado uma organização terrorista por Washington, e a Jihad islâmica, um grupo radical aliado, dispararam desde quinta-feira 40 foguetes e morteiros na direção de Israel. Ao todo, 426 projéteis foram lançados de Gaza, causando uma dúzia de israelenses feridos, mas sem vítimas fatais.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS