download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Política - Camilo Santana formaliza transição.

O governador eleito Camilo Santana definiu ontem a equipe que vai comandar a transição junto ao Governo do Estado. Estão no grupo a próxima vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o deputado estadual Mauro Filho, o chefe do gabinete do Governo, Danilo Serpa, e o secretário adjunto de Planejamento e Gestão, Carlos Eduardo Sobreira, além do engenheiro e pai de Camilo, Eudoro Santana. As reuniões começam na próxima semana.

Hoje pela manhã, Camilo Santana participa de encontro com lideranças do PT sobre o balanço do desempenho do partido nas eleições no âmbito estadual e nacional. A deputada estadual Rachel Marques (PT), que não conseguiu se reeleger, destacou que os correligionários analisarão como a agremiação se saiu em relação à presidente Dilma, ao governador eleito Camilo Santana e aos demais parlamentares. "Não existe nenhum clima tenso", afirmou.
Crise
A deputada, que chegou a subir à tribuna para desmentir boatos de crise dentro do partido em razão da proximidade de Camilo com o PROS, declarou que o diretório entende que o governador eleito é do PT e que faz parte de uma coalizão. "É um governo que nós compomos com outros partidos e, de maneira especial, com o PROS", apontou Rachel. "O partido majoritário na aliança é o PROS, demonstrou nas urnas, isso não é problema", acrescentou Dedé Teixeira.
Para o presidente da Casa, Zezinho Albuquerque (PROS), Camilo está conversando com todos os setores da sociedade e com os partidos, tendo se reunido com 18 presidentes das legendas da coligação para anunciar a criação de um conselho político. Na visão do parlamentar, o destaque do PROS na aliança se dá em razão do volume de representantes, além de importantes lideranças, como o governador Cid Gomes, o secretário da Saúde, Ciro Gomes, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.
"O PROS, por ser o partido maior, deu mais visibilidade (à campanha de Camilo), porque nós temos o governador, o grande companheiro secretário de saúde, determinante nesta campanha, que é o Ciro Gomes, elegemos doze deputados estaduais e a maioria dos candidatos era do PROS. Quer dizer, (o partido) teve um destaque bem maior nessa eleição. Mas os outros partidos, temos aqui o PCdoB, que elegeu dois deputados e também deu sua contribuição para a eleição do Camilo, como todos os partidos (da coligação)", justificou Zezinho.
Para o petista Professor Pinheiro, a relação do PT com o PROS é natural, levando em conta que ambos defendem o mesmo projeto. "Você tem que ter sustentação política. O maior partido na Assembleia é o PROS. Então tem que ter uma relação boa com o PROS e uma relação programática com o PT", pontuou o parlamentar.
Transição
Segundo o presidente da Casa, Zezinho Albuquerque, Camilo Santana deverá montar sua equipe de transição de governo a partir da próxima semana. "Com tudo muito computadorizado, muito rápido hoje, ele (Camilo) já tem a senha (do governador). Com o recebimento da senha que o governador Cid Gomes passou, ele tem acesso a todos os dados do Estado e está formando a sua equipe de transição", alegou o deputado.
Segundo Dedé Teixeira, antes de definir o secretariado, Camilo Santana vai visitar todas as secretarias do Estado para avaliar o andamento das pastas. "Ele (Camilo) tem interesse de visitar todas as secretarias até para discutir todo ordenamento, o que cada secretaria está fazendo, que projetos transpõem para o próximo ano". E complementa: "Como ele foi secretário, conhece um pouco, quer sintonizar um pouco isso para, em cima desses dados, ele, com a equipe de transição, começar a construir o seu futuro governo.

Fonte: Diário do Nordeste.

Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo