download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Mulher mais procurada do Estado é capturada.

A mulher mais procurada pela Polícia do Estado do Ceará foi capturada na tarde de ontem, no Conjunto Ceará, em Fortaleza, após denúncias anônimas e investigação dos agentes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Valquíria de Araújo Alves, 28, é acusada de homicídios, formação de quadrilha, assaltos e tráfico de drogas.

valquiria0110A Polícia chegou até a mulher através de informações obtidas com populares, que indicaram a localização dela. Valquíria foi capturada quando tentava comprar uma passagem para Juazeiro do Norte, usando documentos falsos no nome de Ághatha Nádilly Garcia Pereira. A idade no documento também foi alterada, mudando a data de nascimento de março de 1986 para março de 1989.
"Quando foi abordada pelos policiais, Valquíria disse que era garota de programa e estava indo exercer a profissão na cidade de Juazeiro do Norte. Ela apresentou a documentação falsa e foi presa em flagrante por falsidade ideológica e uso de documento falso", explicou o diretor da DHPP, Ricardo Romagnoli.
Buscas
Após a prisão da mulher em flagrante, os policiais fizeram vistorias na residência de Valquíria, onde encontraram joias com suspeita de serem frutos de roubo, além de um cartão de crédito da Caixa Econômica Federal (CEF) nominal a um homem. Além disso, também foram encontrados apliques de cabelo que, segundo a Polícia, seriam utilizados por Valquíria para compor os disfarces que a possibilitaram se esconder das autoridades policiais.
"Já há vários meses ela era procurada por nós da DHPP. Sempre nos chegavam informações dando a localização dela, que procediam, mas ela é uma pessoa bastante dissimulada. Ela pensa e age de maneira que não seja pega pela Polícia. Mas, dessa vez, ela foi detida", comemorou Romagnoli.
Segundo a Polícia, Valquíria é apontada pelas testemunhas como atuante na linha de frente das ações. Além de envolvimento com o tráfico de drogas, ela participaria de assaltos e, em algumas vezes, executava vítimas e inimigos a sangue frio. "Ela agia na linha de frente das ações, fazendo questão de executar as vítimas em alguns dos casos. Com a prisão, vamos averiguar as informações obtidas, produzindo assim provas robustas para que Valquíria possa responder por todos os seus crimes", afirmou o delegado.
Ao chegar à DHPP, Valquíria limitou-se a dizer que nada tinha a declarar sobre a prisão. A mulher, segundo a Polícia, confessa ter executado uma pessoa após uma discussão em uma escola. A principal área de atuação da mulher, também de acordo com as investigações, seria a região da Jurema, em Caucaia, além dos bairros Conjunto Ceará, Bom Jardim e Genibaú, em Fortaleza.

Fonte: Diário do Nordeste

Última modificação em
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo