download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Futebol - Série B - Atacar para se defender.

O Ceará sentiu o gostinho de entrar no G-4 pela primeira vez na Série B logo na 1ª rodada da competição. Saiu nas duas seguintes, voltou na 4ª rodada, oscilou, mas após a 7ª o Alvinegro entrou para não sair mais até então. O time se sustentou pelas 15 rodadas seguintes, sendo que ficou nove delas na liderança.
Entretanto, após um início irregular de returno - o time passou de 'campeão simbólico do 1º turno para a 13ª melhor campanha no segundo -, o Vovô precisará vencer hoje o Paraná, às 19h30, no Durival de Britto, fora de casa, para não correr o risco de deixar o seleto grupo de acesso após a 23ª rodada.

Hoje o Ceará é o 4º colocado, com 38 pontos, um a mais que a Ponte Preta, que tem 37.
A 'gordura' que o Alvinegro tinha, de quatro pontos, acabou na rodada anterior com a derrota da equipe por 2 a 1 para o Náutico, fora de casa, e a vitória da Ponte Preta por 1 a 0 como visitante, diante do Luverdense.
Para o duelo com os paranistas, o time de Porangabuçu terá desfalques importantes: os zagueiros Sandro e Diego Ivo continuam fora por contusão, o volante João Marcos está suspenso pelo 3º cartão amarelo, e o atacante Magno Alves foi poupado.
O técnico Sérgio Soares justificou a ausência do 'Magnata'. "O Magno é um atleta de 38 anos que vem numa batida muito forte. Temos que saber o momento de poupá-lo", explicou Soares, que resguardará o atleta ara o duelo de sexta-feira, 19, no Castelão, contra o Avaí. Assim, Felipe Amorim e Lulinha são os postulantes à vaga no ataque hoje.
Nas demais posições, Amaral deve sair da zaga - bastante criticada após a derrota para o Náutico -, ocupando a posição de João Marcos no meio campo.
Com isso, a dupla de zaga deve ser formada por Alex Lima e Wellington. O último, foi relacionado na rodada anterior, mas não entrou contra os alvirrubros.
Atenção
O volante Ricardinho alertou sobre os erros que não podem ser cometidos contra o Paraná. "Temos de estar atentos, todo jogo é decisão. Tem momentos em que nosso time está bem na partida, tocando bem a bola, criando situações, aí, em uma vacilada, o adversário faz o gol. E isso prejudica o trabalho. Devemos estarmos atentos o jogo inteiro para não sofrer o revés".
Especificamente sobre o duelo, o jogador destacou a chegada do novo técnico, seu xará, que comandou o Ceará em 2013. "O Ricardinho (técnico), conhece nosso time e suas equipes costumam sair para o jogo, por serem mais técnicos. Será uma equipe forte dentro de casa", aposta o atleta.
O adversário do Vovô vem crescendo na competição. A equipe venceu quatro dos últimos seis jogos, sendo o anterior, também em casa, contra o Santa Cruz por 3 a 2, na estreia de Ricardinho.
Contra o Ceará, a equipe paranista não terá o volante Edson Sitta e o meia Lúcio Flávio, suspensos pelo 3º cartão amarelo.
Copa Fares Lopes
Hoje o clube também entra em campo pela Copa Fares Lopes, pela última rodada do grupo A2. O Sub-20 do Vovô encara o São Benedito, no PV, às 20h30. Se vencer, o Alvinegro estará classificado para a 2ª Fase. Se tropeçar, dependerá de outros resultados.
Vladimir Marques
Repórter

Fonte: Diário do Nordeste

Última modificação em
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo