download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Futebol - SÉRIE C - Leão vence e dispara.

Vitória sobre o Águia aproxima muito o Fortaleza da classificação para a fase mata-mata.
Com gols do zagueiro Genilson e do centroavante Robert, o Fortaleza venceu o Águia de Marabá por 2 a 0, ontem à noite, no Estádio Zinho de Oliveira, pela 12ª rodada do Grupoa A da Série C do Brasileiro.
O resultado fez o Leão abrir seis pontos de diferença para o segundo colocado, o Botafogo/PB - 26 contra 20 do vice-líder.
O Tricolor poderá até confirmar a sua classificação no jogo de domingo, às 19 horas, no PV, contra o Crac/GO.

A qualidade do espetáculo foi prejudicada pelas dimensões do estádio e pelas condições do gramado. O time da casa insistiu no chuveirinho para a área e chutes de longa distância, porém, na sua maioria, longe das traves.
O jeito foi explorar a arma do adversário: chutões ou cruzamentos altos para a área. Numa cobrança de falta da intermediária, pela direita, o volante Corrêa cruzou bola na área e o zagueiro Genilson apareceu entre os defensores rivais para tocar de perna direita, fazendo 1 a 0.
Duas oportunidades
O Águia teve duas boas oportunidades para empatar e até virar o jogo. Elas surgiram a partir dos 30 minutos. A primeira delas veio aos 36. Diego Palhinha cobrou falta no ângulo superior esquerdo e o goleiro Ricardo voou para espalmar e evitar o gol. A segunda veio aos 43 minutos. O atacante Aleilson entrou na área, driblou o zagueiro Adalberto pela esquerda e ficou de cara para o goleiro. Chutou rasteiro e fraco, facilitando a defesa de Ricardo, que conseguiu encaixar a bola e salvar o time.
Entre as duas oportunidades do time de Marabá, o Tricolor também teve o seu momento de consolidar o placar, embora não o tenha conseguido. Aos 37, em tabela rápida, Waldison recebeu a bola de costas para a defesa, fez o giro sobre o zagueiro e tocou para Robert, que ficou sem ângulo e apenas cruzou a bola, já dentro da área. A defesa acabou se livrando desse ataque.
O segundo tempo começou com uma arrancada do meia Edinho, que saiu do meio campo conduzindo a bola e só foi parar quando chegou na linha de fundo e a defesa interceptou a jogada, mandando para escanteio.
O time de João Galvão tentou dar o troco e aos 6 minutos: Reinaldo mandou uma bomba raspando a trave de Ricardo. Mas para que o adversário não tomasse conta do jogo, Waldison invadiu a área e chutou rasteiro, à direita do gol de Bruno Gassi.
A sequência da partida foi pontuada quase toda por levantamentos na área para o aproveitamento dos atacantes paraenses, mas nesses momentos o goleiro Ricardo e a defesa do Tricolor se comportaram bem, rebatendo as principais jogadas.
Forte pressão
O Fortaleza teve de suportar uma forte pressão durante os primeiros 30 minutos do segundo tempo. Mesmo assim, o técnico Marcelo Chamusca resolveu manter o time na ofensiva, sacando Erick Flores para a entrada de Uillian. E foi jogando ofensivamente que o Leão quase marcou o segundo gol, aos 36 minutos. Após passe de Edinho, Robert ficou diante do goleiro, chutou, mas a bola bateu na perna de Bruno Gassi, que salvou. Porém, o Águia também perdeu o seu com Aleilson, aos 43, chutando por cima da trave. Só que aos 49, Robert recebeu e Fernandinho e fechou o placar em 2 a 0.

Fonte: Diário do Nordeste

Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo