download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Militares suspeitos de integrar milícia no Ceará.

Um soldado da Polícia Militar do Estado do Ceará e um sargento do Corpo de Bombeiros foram presos suspeitos de formar uma milícia que seria o braço armado do tráfico de drogas na área do Bom Jardim. As prisões foram resultados de uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) em parceria com a Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Além dos dois servidores, o irmão do soldado, que já possui envolvimento com o tráfico de drogas, e outro homem também foram detidos.
A ação teve início no município de Beberibe, ainda na manhã de ontem, quando o soldado Josias Bezerra da Silva, 29, tentou furar um bloqueio do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) em Aquiraz (Região Metropolitana de Fortaleza) e foi interceptado em Beberibe. Ele e Gleidson Oliveira Barros, 30, estavam em um automóvel Gol.
Com o soldado do Ronda do Quarteirão foram apreendidas duas pistolas calibres 380 e .40, além de um quilo de cocaína. A reportagem apurou que Josias seria responsável pela segurança do chefe do tráfico na área do Bom Jardim, identificado como "Zé Ivan', atuando como parte de uma milícia envolvida com o tráfico de drogas.
Ele e o comparsa foram encaminhados à Delegacia Municipal de Beberibe, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
Fuzil
Após a prisão do soldado, a operação prosseguiu em Fortaleza. De acordo com o titular da DRF, delegado Raphael Vilarinho, a Polícia recebeu informações de que comparsas de Josias iriam até a residência do soldado para recolher material ilícito.
A equipe da Delegacia de Roubos e Furtos chegou até a casa localizada no bairro Conjunto Ceará, onde se deparou com o sargento do Corpo de Bombeiros, Plínio Fabrício Viana, 41 e o irmão do soldado, Bruno Atila Bezerra, 25, sendo que o último responde na Justiça por tráfico de drogas. A dupla estava em um em uma caminhonete L-200 de cor preta. Ao revistarem o veículo, os policiais encontraram um fuzil calibre 7.62, que segundo o delegado é uma arma de alto poder de destruição e utilizada por quadrilhas em ataques a estabelecimentos bancários.
Além da arma foram encontradas munições de fuzil, pistola .40, nove milímetros e calibre 38. O delegado ressalta que o fuzil é importado e que a Polícia do Brasil não utiliza esse tipo de armamento, que é mais comum entre as forças armadas. O sargento e o irmão de Josias foram levados à sede da DRF, onde foi realizado o flagrante por porte ilegal de arma de uso restrito.
A DRF informou que vai entrar em contato com a Delegacia de Beberibe para repassar as informações sobre as prisões realizadas em Fortaleza e obter os dados da captura do soldado.
Raphael Vilarinho não descarta a participação de outros policiais na quadrilha e investiga a o envolvimento do grupo no tráfico de drogas e em ações contra agências bancárias.
Controladoria
A SSPDS ressaltou que o trabalho foi fruto da integração entre as Polícias Civil e Militar do Estado do Ceará. O órgão destacou que "é de suma importância para a Segurança Pública que maus policiais sejam afastados". O soldado e o sargento também devem responder a procedimentos administrativos na Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD).
Jéssika Sisnando
Repórter

Fonte: Diário do Nordeste

Última modificação em
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo