download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk

Últimas notícias:
A+ A A-

Sem Neymar, Seleção põe elenco à prova para a Semifinal.

Em substituição a Thiago Silva, Dante formará dupla de zaga com um dos principais destaques da Copa do Mundo até agora, David Luiz. O camisa 4 da Seleção, por sinal, será o capitão do time no jogo de hoje. Responsável pela entrada violenta no atacante Neymar, que provocou a saída do brasileiro do Mundial, o lateral colombiano foi isentado de culpa. Em coletiva no Mineirão, Luiz Felipe Scolari dedicou a partida a seu camisa 10 e teceu elogios sobre a seleção da Alemanha, rival de hoje, em Belo Horizonte. O Brasil joga para fazer história nesta terça-feira. Se passar pela Alemanha, a partir das 17 horas, no Mineirão, chega à final da Copa do Mundo como anfitrião do torneio, repetindo o feito de 1950, quando se credenciou para decidir o título contra o Uruguai.

Nas 20 edições da competição, contando esta de 2014, nunca a dona da casa conseguiu a vaga duas vezes na decisão da taça. Por isso, o técnico Luiz Felipe Scolari já anunciou que, diante desse fato inédito, a Seleção vai jogar "pelo povo brasileiro" e, como não poderia ser diferente, "também para Neymar".
Na história da Copa do Mundo, Itália, Alemanha, França e México sediaram o torneio por duas vezes. Nenhuma delas emplacou duas finais em casa. O Brasil poder ser a exceção. Felipão tem esse dado no seu roteiro para o jogo contra os alemães em Belo Horizonte. E vai usar esse argumento para motivar ainda mais seus jogadores na semifinal de hoje.
É a primeira vez que o time de Felipão não terá Neymar, sua referência desde sempre, que ficou fora da Copa por causa de lesão sofrida na vitória sobre a Colômbia na sexta-feira passada. "Ele já fez muito por nós e agora é a nossa vez de fazer tudo por ele", disse o treinador.
O palco é o mesmo de uma das mais dramáticas partidas que o Brasil viveu até aqui nas suas 20 participações em Copa do Mundo. Hoje, a Seleção volta ao Mineirão para enfrentar a Alemanha. Na última vez que os dois gigantes se encontraram, em 2002, no Japão, o Brasil levou a melhor. Venceu a final da Copa por 2 a 0, com dois gols de Ronaldo, e levantou a taça do mundo pela quinta vez.

Última modificação em
Avalie este item
(0 votos)
voltar ao topo